Seguidores

domingo, 14 de setembro de 2008

Sem título (ainda)

Foi ali na Brigadeiro com a Maria Paula, o carona nem se deu conta do que estava acontecendo. Desceu, fechou a porta, deu dois passos e parou. Não sabia se seguir em frente e ignorar os acontecimentos seria a melhor opção. Ignorar seria a sua atitude mais característica, pois já havia se acostumado com a frieza que o acompanhava. Dessa vez resolveu romper com o previsível, seus pés que estavam parados, seguiram a mesma direção do olhar, andou quinze passos e já sentia seu corpo ser jogado de um lado para o outro, o cheiro que predominava era do suor de uma multidão sem identidade que insistia em esbarrar nos seus braços, ombros e pés. Prosseguiu, os olhos continuavam no comando, seus pés obedeciam e sua mente permitia.

Sabia exatamente o que estava fazendo, mas em momento algum teve a convicção de que seus atos futuros seriam considerados ilícitos por ele mesmo. A dúvida era a única companheira naqueles longos minutos que o separavam do seu destino...(continua)

4 comentários:

Magnum Opus disse...

Que mistério...

Bruno disse...

Mistéério...

Magnum Opus disse...

Cadê as cenas do próximo capítulo?

Ana Paula disse...

Será que nas férias vc termina e mata nosa curiosidade? hehehehe
Beijos linda